sábado, 10 de maio de 2008

Angústia e Aflição



A angústia é vontade reprimida, desejo de agir, de fazer e de sonhar. Mal que polui a alma e a envenena, sendo, portanto, combatida com o trabalho no intento daquilo que almejamos.

Porém, quando distanciamo-nos do Evangelho, do caminho reto, da boa conduta e dos preceitos de amor ao próximo, a vontade convertida em atos causa danos, seja a outrem ou a nós mesmos, causando lágrimas de aflição.

Sim meus amigos, a aflição surge quando fazemos aquilo que sabemos, conscientes que somos, que está errado. Afligimo-nos quando fazemos o mal. Angustiamo-nos quando deixamos de fazer, principalmente, o bem, e isto é mais intenso após o desencarne...

Novamente notamos a importância da vivência evangélica como remédio da alma para mais essas duas moléstias.

Portanto reflitamos nisto, e também, e o mais importante, vivenciemos a Boa Nova de Jesus.

Tenshi

29/04/08

Nenhum comentário: