terça-feira, 10 de maio de 2011

O período de transição do planeta


Muito comentado atualmente é o periodo pelo qual a nossa humanidade está passando, período este onde os espíritos renitentes no mau estão tendo a última chance de reencarnarem na Terra e também espíritos iluminados estão reencarnando a fim de promoverem as tão necessárias mudanças sociais, éticas e morais da humanidade.

Aos primeiros, caso não aproveitem a última oportunidade de melhorarem-se, restará o exílio para outro mundo do Universo. Um mundo mais atrasado, algo como a nossa Terra na época da Idade da Pedra, vez que aqui só ficarão aquelas criaturas que já se conscientizaram da necessidade de mudar a nós mesmos, da necessidade de nos renovarmos gradativamente para o bem, para a fraternidade e para o amor ao próximo.

Entendemos que um mundo de regeneração requer espíritos conscientes da necessidade da sua própria regeneração moral.

Não estamos falando de um mundo perfeito, onde as criaturas não mais carregam os defeitos milenares do egoísmo e do orgulho, se comprazendo com os erros e com a somatória de compromissos cármicos por conta de atos bárbaros, egóicos e tresloucados; mas sim falamos de um mundo onde as criaturas, embora ainda cheias de defeitos, não mais se afinizam com os erros e com os sentimentos inferiores, conscientes da necessidade de se moralizarem, de caminharem segundo os ensinos de amor ao próximo de Jesus, único caminho que conduz o ser humano a verdadeira felicidade.

Para termos o mérito de permanecermos na Terra - e isso é um entendimento nosso -, não necessitamos vestir a túnica de anjos, coisa que ainda estamos distantes de ser, mas precisamos sim termos vontade de mudar, trabalhar pela mudança interior, pela nossa autoiluminação, caminho que só se faz quando exercitamos o bem e o amor ao próximo, estendendo solidariedade em formas de bençãos de reconforto moral e material aos irmãos mais necessitados, cientes de que, em verdade, todos somos os necessitados, necessitados de amor, aquele amor que só Jesus - a personificação do Amor de Deus na Terra - é capaz de nos dar, quando unimos nosso coração ao Dele estendendo a caridade irrestrita às criaturas.


Um comentário:

Osvaldo Afonso disse...

o processo que se iniciou há 2000 anos,chega ao seu ápice,que não se afinar com a nova aura da terra terá que partir para outro planeta mais atrasado.'e ali haverá choro e ranger de dentes'